queda-de-cabelo-causas

O Que Provoca Queda de Cabelo

O que causa queda de cabelo?

Alopecia cicatricial

A foliculite decalvante e o lúpus são exemplos de alopecias cicatriciais, e atrofiam a região de nascimento do fio, algo irrecuperável. Apesar da gravidade, existem tratamentos que impedem o avanço dessas doenças, e uma vez estabilizadas, o indivíduo consegue manter na cabeça os fios ainda não afetados.

Apliques

Se o aplique prender o cabelo, ele pode acabar danificando os fios, e se possuir alguma doença, como caspa, a queda capilar poderá ser intensificada. Por outro lado, acessórios como o “Tic Tac” ou que funcionam por meio de uma mola, não prejudicam os fios.

queda-de-cabelo-causas

Com relação ao possível abafamento que o aplique causa sobre o couro cabeludo, isso não causa queda dos fios, o que ocorre somente se o indivíduo possuir alguma doença associada, como dermatite seborreica, que pode acentuar a queda, e abranger não apenas o couro cabeludo, mas também face e orelhas.

Dermatite seborreica

A dermatite seborreica se manifesta devido à oleosidade cutânea e à presença de fungos e bactérias na superfície cutânea. Uma vez que esses micro-organismos estabeleçam uma permanência constante, torna-se praticamente impossível eliminá-los completamente. Logo, o indivíduo ficará predisposto à doença durante toda a vida, porém, em alguns casos, é possível que ela não se manifeste por um longo tempo. Ademais, embora a incidência de caspa seja muito maior nos cabelos oleosos, ela também pode acometer cabelos secos.

Desde que a dermatite seborreica não seja grave, ela poderá ser tratada com medicações tópicas, como shampoos, e em casos mais severos, o tratamento poderá incluir medicamentos orais. Pessoas que sofrem frequentemente com a doença, para controlá-la, devem utilizar shampoos anticaspa continuamente.

Shampoos para aumentar ou diminuir o volume capilar

Shampoos para diminuir o volume capilar contém em sua fórmula moléculas mais pesadas e, geralmente, um potencial de hidratação maior. Já shampoos que proporcionam ganho de volume obtém esse efeito ao diminuir a oleosidade dos fios, já que, quando ressecado, o cabelo exibe maior volume.

Os efeitos propiciados por esses shampoos são transitórios, a partir do momento que o cabelo for molhado, ele retomará sua característica inicial.

Texto relacionado: procurando um remédio para queda de cabelo? Descubra HairLoss Blocker anvisa.

Ciclo de vida do cabelo

O desenvolvimento capilar ocorre em um ciclo: a fase anágena corresponde a de nascimento dos fios, a catágena à de permanência deles, na telógena, eles caem, o que acontece com mais frequência durante o outono e o inverno, normalmente apenas 20% dos fios estão nessa fase. Diferente de mamíferos que sofrem quedas completas dos pelos do corpo, nós realizamos essa troca gradualmente.

Depois da queda, o ciclo recomeça, e o fio permanece anos no couro cabeludo antes de cair novamente.

Queda de cabelo: quando ela pode ser um problema

No outono, os cabelos tendem a cair mais do que em outras estações, isso se deve a existência de sensores de luminosidade na pele. Essa queda capilar específica pode ser revertida.

Caso o indivíduo perceba que está perdendo diariamente mais de 100 ou 150 fios, a queda pode estar adquirindo um aspecto patológico. Essa percepção é algo particular, afinal, quando caem, cabelos curtos formam um acúmulo mais raso, já os longos ficam mais evidenciados. As pessoas não precisam efetuar esse cálculo manual todos os dias. Porém, a partir do momento que notarem muitos cabelos na roupa, na mesa de trabalho, ou durante a lavagem e escovação dos fios, devem ficar atentas.